Documentário

De mala e cuia

Uma viagem pelo Brasil em busca das origens familiares. Esta é a temática da série documental De Mala e Cuia. Na série, crianças nascidas e criadas em grandes centros urbanos conhecem a cidade natal de seus avós, que migraram em busca de melhores condições de vida. Em De Mala e Cuia, as crianças fazem o caminho inverso ao de seus avós, descobrindo as raízes da família.

Episódios

Temporada 1

  • Uma avó que saiu de Itabaiana aos 14 anos construiu uma vida em São Paulo, e voltou à cidade natal para curtir a aposentadoria. Duas netas paulistas que morrem de saudade da avó desde que ela se mudou. Um reencontro cheio de emoção, brincadeiras e descober
    13m  Publicação: 21/05/2021
  • Este episódio 2 viaja do Rio de Janeiro até a praia de Maria Farinha, em Pernambuco. Nossos ilustres viajantes são o vovô Marcos, 56 anos, e Bento, 8 anos. O motivo do passeio? Apresentar ao curioso Bento a terra onde nasceu e cresceu seu avô.
    13m  Publicação: 21/05/2021
  • Valderico e Maria Eduarda – essa é a dupla de avô e neta que acompanhamos neste episódio 3 - têm como destino a pequena Araguari, em Minas Gerais.
    13m  Publicação: 21/05/2021
  • Seu Camilo, 73 , visita com frequência a cidade onde nasceu, Nova Pádua, no Rio Grande do Sul, de onde saiu aos 21 anos para morar em São Paulo. mas seu neto João Pedro, 10, nunca esteve lá e não faz ideia de como era a vida do avô nos tempos de roça.
    13m  Publicação: 21/05/2021
  • Mabel, 59, e sua neta sara, 8, têm uma paixão em comum: a fotografia. Neste episódio de “de mala e cuia”, elas vão poder se divertir, fotografando paisagens bem diferentes das que estão acostumadas a ver no rio de janeiro, onde moram. É que elas vão juntas
    13m  Publicação: 21/05/2021
  • Carro de boi, fogão à lenha, virado de banana. Essas são algumas das novidades que Beatriz, 10, conhece de perto na viagem que faz com o avô, José Adauir, 69, à cidade onde ele nasceu.
    13m  Publicação: 21/05/2021
  • Lylia, 63, nasceu em Fortaleza, mas era, em Umirim, interior do Ceará que ela passava todas as férias na infância. E é a essa casa que Lylia retorna agora para mostrar um pouco de como era sua infância para a neta Marina.
    13m  Publicação: 21/05/2021
  • É entre um passeio e outro pelo bairro da Ribeira, em Salvador, que o vovô Seu Maia, 79, relembra as histórias de sua infância, ao lado do neto Felipe, 9.
    13m  Publicação: 21/05/2021
  • Conceição mora há mais de 20 anos em Brasília, mas não abre mão de viajar para praia, sempre que pode. E a neta Nayá, 7, segue o mesmo caminho. Desta vez, elas passeiam pelas praias, juntas, em uma visita a Recife dos tempos da infância da avó Ceiça.
    13m  Publicação: 21/05/2021
  • Beatriz, 12, nunca tinha visitado a cidade natal de seu avô, Ney, 66. só conhecia uma história ou outra pelos relatos do avô, e viajou ansiosa pelo que iria ver.
    13m  Publicação: 21/05/2021
  • A vovó Dora, 55, nunca mais vai esquecer o brilho nos olhos da neta Eloah, 8, quando viu pela primeira vez a pequena Moreno, cidade onde Dora nasceu e viveu até os 12 anos.
    13m  Publicação: 21/05/2021
  • Oseneide, 63, é uma caxiense típica: volta a cada dois anos para rever sua cidade natal. Já sua única neta, Isabela, 8, nunca esteve lá e está ansiosa para finalmente conhecer os encantos da cidade.
    0s  Publicação: 21/05/2021
  • Pernambucana daquelas de bater no peito de orgulho, Nadígena fala com carinho da cidade de Garanhuns, lugar onde viveu até os nove anos de idade e onde estão amigos de infância que ela mantém até hoje. É por isso que Henrique, 8 , não vê a hora de visitar
    0s  Publicação: 21/05/2021