Os Dez Mandamentos / Entretenimento

Episódio 165

Radina abandona o palácio e se junta à multidão de hebreus. Na saída da cidade, Moisés fala ao povo para nunca se esquecerem desse dia. Paser pede ao faraó que não condene duramente Ikeni. Radina encontra Gahiji e Simut no meio da caravana e conta que Uri está sendo embalsamado com honrarias. Apuki e Jairo reconhecem Safira e Datã fica violento de ciúmes. Ramsés visita Ikeni na cela e ordena que seja libertado. Ao avistar o deserto, Moisés ergue os braços para que Deus mostre o caminho a seguir e um redemoinho começa a se formar. Simut entrega os restos mortais de José do Egito a Moisés e Radina faz o mesmo com a joia de Henutmire. No acampamento, Apuki reclama que só tem pão ázimo para comer, mas quando aparece Oséas, o agradece por ter salvado Jairo. Datã pede desculpas para Safira e Miriã canta para o povo com sua cítara. Nefertari tem um ataque de raiva ao visitar o pátio de treinamento militar, onde seu filho treinava, e quando o faraó vai até ela, ela diz que quer Moisés morto.

Episódios

Temporada 1

Informações A jornada bíblica de Moisés, desde a escravidão do povo hebreu no Egito até o êxodo em direção à terra prometida, num enredo repleto de referências aos livros Êxodo, Levítico, Números e Deuteronômio.
  • Os hebreus empacotam seus pertences com celeridade. Taís pede perdão a Bak, por nunca ter impedido Meketre de o maltratar. Gahiji cuida de Leila, enfraquecida pelo sofrimento da morte de Uri. Ramsés declara que gostaria de ter tomado a decisão certa antes da morte do filho. Datã conta que, por ordem de Deus, Moisés informou que os hebreus deveriam pedir aos egípcios metais preciosos para levarem ao deserto e assim os ex-escravizados fazem, conseguindo joias, cálices e bandejas de ouro e pedras preciosas. O faraó pede a Bakenmut informações sobre a partida dos hebreus, ao que o general afirma que povos de outras regiões estão chegando à cidade para se juntar à caravana. Informa também ao soberano que houve deserção e Gahiji é um dos que abandonaram o palácio. Karoma vai até Nefertari prestar solidariedade e acaba contando que levou Pepe à vila. A rainha fica possessa. Moisés coloca as tábuas escritas em uma caixa e diz à mãe que plantará a semente que o pai lhe deu na terra santa.
    48m  Publicação: 15/03/2021
  • Leila pensa em pedir o corpo de Uri para dar a ele um funeral hebreu, mas Bezalel a convence de que o pai gostaria de ser enterrado com as honrarias egípcias. Os hebreus começam a andar em multidão pelas ruas da vila, em direção ao deserto. Ana e Judite terminam de empacotar seus bens e perguntam a Apuki se ele irá. Ainda que mal humorado, ele concorda. Simut tenta convencer Paser a ir com os hebreus, mas o sumo sacerdote não quer abandonar sua filha. Apesar disso, ele ordena a Simut que vá e leve os restos mortais de José do Egito. Radina não concorda com Nefertari quando ela começa a difamar os hebreus e a rainha a expulsa. Radina diz a Karoma que quer se juntar aos hebreus. Taís pede que Meketre não deixe Bak ir embora, dizendo que ele é bem vindo na família. O comerciante assim o faz e a família hebreia do garoto dá aval para ele ficar com o pai biológico. Na casa de Meketre, Taís e as crianças o acolhem. O povo hebreu passa pela avenida da cidade sob olhares dos egípcios. O faraó observa da sacada.
    47m  Publicação: 15/03/2021
  • Radina abandona o palácio e se junta à multidão de hebreus. Na saída da cidade, Moisés fala ao povo para nunca se esquecerem desse dia. Paser pede ao faraó que não condene duramente Ikeni. Radina encontra Gahiji e Simut no meio da caravana e conta que Uri está sendo embalsamado com honrarias. Apuki e Jairo reconhecem Safira e Datã fica violento de ciúmes. Ramsés visita Ikeni na cela e ordena que seja libertado. Ao avistar o deserto, Moisés ergue os braços para que Deus mostre o caminho a seguir e um redemoinho começa a se formar. Simut entrega os restos mortais de José do Egito a Moisés e Radina faz o mesmo com a joia de Henutmire. No acampamento, Apuki reclama que só tem pão ázimo para comer, mas quando aparece Oséas, o agradece por ter salvado Jairo. Datã pede desculpas para Safira e Miriã canta para o povo com sua cítara. Nefertari tem um ataque de raiva ao visitar o pátio de treinamento militar, onde seu filho treinava, e quando o faraó vai até ela, ela diz que quer Moisés morto.
    52m  Publicação: 15/03/2021
  • O faraó promete a Nefertari que o Egito se vingará de Moisés. Jahi, o príncipe guerreiro da Núbia, chega ao palácio e fica chocado ao saber que Radina, sua irmã, partiu com os ex-escravizados. O faraó revela que quer perseguir o povo hebreu com o exército e matar a todos. Jahi está de acordo e juntos começam a tratar das estratégias. Ikeni se vê em um dilema, pois foi perdoado pelo faraó e jurou a ele fidelidade haja o que houver. Paser fica sabendo do plano e tenta dissuadir o faraó, em vão. Taís conversa afetuosamente com Bak. No acampamento, Apuki conta a Jairo que se arrependeu de ter se juntado à caravana. Gahiji lembra Chibale de Ana, por quem o garoto era apaixonado. O faraó recebe informações dos espiões sobre o paradeiro do povo e parte com o exército. O povo hebreu já encontra-se às margens do Rio Vermelho quando o exército egípcio o avista. O faraó desembainha a espada.
    57m  Publicação: 15/03/2021
  • O faraó dá a ordem para atacar e os soldados correm em direção ao povo. Os hebreus percebem o movimento ao longe e começam a desesperar-se e a correr na direção contrária. Paser continua a clamar a Nefertari que reflita sobre seu ódio aos hebreus e tem um ataque do coração. Bak reza a Deus pelos hebreus. Moisés está confiante no livramento e sobe apressadamente no alto do relevo. Ele vê nuvens de tempestade se formando e ouve a Deus ordenando que o povo marche. É quando uma forma corpórea de luz sai de uma nuvem e adentra o redemoinho, transformando-o em uma coluna de fogo, que parte em direção ao exército e atira bolas em chamas neles. Nefertari pede perdão ao pai e eles conversam sinceramente. Ele desfalece. Deus fala com Moisés para erguer os braços para o mar. O povo acompanha, mas erguendo as mãos aos céus. As águas do mar vermelho se agitam e um corredor de terra se abre. A coluna de fogo se apaga e o faraó ordena que o exército vá atrás da multidão. Moisés pede ao povo que corra.
    1h  Publicação: 15/03/2021
  • O exército egípcio entra pelo caminho de terra formado pelo levante das águas do Mar Vermelho. Os soldados estão amedrontados, mas seguem as ordens do faraó de perseguir os hebreus, que correm com toda sua energia restante. Quando chegam do outro lado da margem, os hebreus se ajudam, subindo o relevo da encosta. Moisés os protege, ficando entre eles e o exército. Deus diz a ele para erguer os braços novamente e ele assim o faz. O mar se fecha em cima do exército, matando os soldados. O faraó assiste à cena catatônico. Do outro lado, os hebreus louvam a proteção de Deus. Ramsés volta sozinho para a cidade, na charrete de batalha. Os cidadãos observam a cena sem entender nada. No acampamento, os hebreus conversam sobre o que aconteceu. Leila e Hur sentem falta de Uri. No palácio, Ramsés conta a Nefertari o que aconteceu e ela diz que o fracasso de tudo é culpa dela também. Ela informa ao marido que o pai morreu. Os dois se abraçam.
    52m  Publicação: 15/03/2021