Cena Instrumental / Musical

Dou Alaan Monteiro e Gabriel de Aquino.

O Cena Instrumental recebe o duo de bandolim e violão formado por Alaan Monteiro e Gabriel de Aquino. Os dois jovens músicos cariocas se apresentam com grandes nomes do samba e da MPB, como Martinho da Vila e Elza Soares. E de uma amizade de mais de dez anos, surgiu a vontade de ter um trabalho juntos somente deles. Alaan é filho de Wanderley Monteiro, grande sambista, cavaquinista, cantor e compositor e Gabriel é filho de João de Aquino e primo de Baden Powell, duas referências do violão brasileiro. Provando que o talento para a música vem de berço, eles apresentam composições próprias inéditas e releituras de músicas de João Bosco, Lupicínio Rodrigues, Zé Paulo Becker e Wilson das Neves com arranjos cheios de frescor e personalidade, acompanhados por André Manhães, na bateria e Rodrigo Ferrera, no baixo.

Episódios

Temporada 1

Informações O Cena Instrumental apresenta shows e concertos de música instrumental de estilos variados, gravados em nossos estúdios, teatros e casas de shows parceiras. (BNDES, Sala Cecília Meireles, Centro da Música Arthur da Távola, Casa do Choro).
  • O Cena Instrumental recebe Letieres Leite e Orkestra Rumpilezz. Criada em 2006 pelo maestro, arranjador e compositor Letieres Leite, a Rumpilezz é composta somente por sopros e percussões e carrega sua intenção estética no nome: A junção dos três atabaques do candomblé, rum, rumpi e lé com as duas últimas letras da palavra jazz. É a percussão de matriz africana do universo musical baiano com as harmonias modernas do jazz contemporâneo. Aqui, eles apresentam músicas dos dois primeiros discos e também interpretações de Dorival Caymmi, da banda Black Rio de Moacir Santos, importante referência para o trabalho dessa Big Band única e potente que já é um marco na história da música instrumental brasileira.
    00:55:58
  • Com 40 anos de carreira, o virtuoso instrumentista, nasceu em Buenos Aires, ele diz que no país errado, mas logo se mudou para o Brasil aos seis anos. Ele já tocou nos maiores festivais de jazz do mundo e não prende sua música a rótulos.
    00:51:15
  • O Cena Instrumental recebe o flautista, saxofonista, compositor e arranjador Eduardo Neves. O músico carioca tem currículo extenso no samba e jazz brasileiros. É fundador do Pagode Jazz sardinha's Clube, com o qual ganhou o Prêmio da Música de melhor grupo de jazz, faz parte do Baile do Almeidinha, comandado por Hamilton de Holanda e fez parte da banda de Zeca Pagodinho por muitos anos.
    00:55:43
  • O Cena Instrumental recebe a saxofonista, compositora, flautista e arranjadora Daniela Spielmann. A compositora lançou recentemente o disco Afinidades, o seu primeiro trabalho com composições autorais em 20 anos de carreira. O álbum é pautado no afeto e tem cada faixa dedicada a algum amigo ou familiar. Daniela faz parte do time de craques que temos na nossa música instrumental brasileira e leva pro universo de suas composições a gafieira, o choro, o ijexá, o samba, o forró e o jazz, tudo com muita criatividade e virtuosismo! Ela fez parte do grupo Rabo de Lagartixa, com o qual ganhou o Prêmio da Música em 2010 e também integrou a banda do programa Altas Horas formada somente por mulheres.
    00:51:35
  • O Cena Instrumental recebe o guitarrista, violonista e compositor Leo Amuedo. Dono de quatro prêmios Grammy, o músico, natural de Montevidéu, mostra na TV Brasil composições do álbum Guitar Stories, além de 12 días, do seu trabalho com Cuarteto Oriental e Otoñal. Atualmente, o guitarrista está em turnê com o trompetista norte-americano Chris Botti.
    00:55:42
  • Em 2020, Chico Pinheiro concorreu ao prêmio Grammy Latino 2020, com o álbum “SORTE! Music by John Finbury”, o único indicado brasileiro entre os concorrentes deste ano. Além do violinista, o álbum reuniu a cantora Thalma de Freitas, o pianista Vitor Gonçalves, o percussionista Rogerio Boccato, o baterista Duduka Da Fonseca e o baixista americano John Patitucci. Eles disputaram a categoria de melhor álbum de jazz latino. No palco da TV Brasil, o guitarrista mistura jazz, samba e bossa nova, mostrando músicas de seus discos Flor de Fogo ou There's a storm Inside, Chico Pinheiro, Nova e, também, do mais recente, Varanda, de 2017.
    00:55:47
  • O Cena Instrumental recebe o Quarteto Jambu. Formado em 2018, o quarteto que tem Dudu Oliveira no sax e flauta, Johnny Capler na bateria Julio Florindo no baixo e Pedro Franco na guitarra apresentam um repertório autoral que misturam elementos do jazz, MPB, pop e música de concerto, com influências que passam por Jamiroquai, Jacob do Bandolim, Fundo de Quintal, Stravinsky e John Coltrane. Os integrantes do Jambu são jovens expoentes da música instrumental brasileira e têm seus trabalhos individuais reconhecido pelo público e por seus pares. Cada um traz sua influência para o trabalho que se apresenta, sem esforço, com muito talento, frescor e potência.
    00:55:24
  • O Cena Instrumental recebe o duo de bandolim e violão formado por Alaan Monteiro e Gabriel de Aquino. Os dois jovens músicos cariocas se apresentam com grandes nomes do samba e da MPB, como Martinho da Vila e Elza Soares. E de uma amizade de mais de dez anos, surgiu a vontade de ter um trabalho juntos somente deles. Alaan é filho de Wanderley Monteiro, grande sambista, cavaquinista, cantor e compositor e Gabriel é filho de João de Aquino e primo de Baden Powell, duas referências do violão brasileiro. Provando que o talento para a música vem de berço, eles apresentam composições próprias inéditas e releituras de músicas de João Bosco, Lupicínio Rodrigues, Zé Paulo Becker e Wilson das Neves com arranjos cheios de frescor e personalidade, acompanhados por André Manhães, na bateria e Rodrigo Ferrera, no baixo.
    00:53:57
  • O Cena Instrumental recebe o guitarrista e bandolinista Armandinho Macêdo. Filho de Osmar, do eterno trio elétrico Dodô e Osmar, o músico baiano começou a carreira bem cedo, com apenas 10 anos, em cima de um trio elétrico, no Carnaval de Salvador.
    00:54:57